Denúncia

Orientações para denúncias

O CRM-SC disponibiliza este formulário para padronizar e facilitar o preenchimento dos dados para o envio de denúncias. Ao clicar em “enviar” , será gerado um documento eletrônico , que será analisado pelo setor da Corregedoria do CRM-SC. Você receberá um número de protocolo por e.mail. Certifique-se de que esta informação esteja corretamente informada.

AS DENÚNCIAS DEVEM SER ASSINADAS: seja por assinatura eletrônica ou meramente de forma digitalizada.
Não é necessário autenticar ou reconhecer firma nas denúncias, nem mesmo nas procurações quando há advogado constituído, conforme prevê a Resolução CRM-SC nº 197/2020: 

https://sistemas.cfm.org.br/normas/visualizar/resolucoes/SC/2020/197

1 – A denúncia deve ser dirigida ao Presidente do Conselho Regional de Medicina do local (Estado) onde ocorreram os fatos a serem apurados.
O Conselho Federal de Medicina julga somente RECURSOS.

2 – Por imposição legal, as denúncias devem ser necessariamente assinadas e devem conter identificação das partes, telefone e endereço do denunciante. 

3 – As denúncias devem conter:

  • Identificação do denunciante (cópia RG, CNH, …) e seu endereço;
  • Narrativa detalhada dos fatos que, na visão do denunciante, possam conter ilícitos e infrações éticas médicas;
  • Nome da instituição ou instituições onde os fatos denunciados ocorreram;
  • Nome dos profissionais médicos (e não médicos, se for o caso) envolvidos no atendimento;
  • Nome de testemunhas dos fatos, se houver testemunhas.
  • As denúncias devem ser, sempre que possível, documentadas (com cópia de quaisquer comprovantes referentes aos fatos denunciados);
  • A falta de algumas dessas informações (nome do médico, por exemplo) não impede que o Conselho Regional apure a denúncia, já que detêm mecanismos legais para obtê-las.
  • A denúncia, por motivos legais, deve conter solicitação formal de que o Conselho apure os fatos, incluir data e assinatura do denunciante.
  • Em caso de atendimento médico é possível apresentar juntamente com a denúncia, cópia integral do prontuário do paciente. É vedado ao médico (ou a instituição de saúde) negar o acesso e cópia do prontuário ao paciente, ou na sua impossibilidade, ao seu representante legal, conforme prevê o artigo 88 do Código de Ética Médica.

Saiba como denunciar

A denúncia será feita em duas etapas. A primeira será o preenchimento das informações e envio do formulário. Ao clicar enviar, o sistema enviará cópia do formulário preenchido para o e-mail informado anteriormente, assim como, o código de acesso para a segunda etapa do processo.

A denúncia só será validada pelo CRM-SC, após o denunciante efetuar e concluir a segunda etapa do processo. Para isso é necessário imprimir o documento recebido no e-mail, assinar e fazer upload do mesmo no site do CRM-SC.

Para fazer o upload será necessário informar o código da denúncia, recebido no e-mail ou exibido na mensagem de confirmação da 1ª etapa.

O upload do arquivo pode ser feito de duas formas, na página inicial da Denúncia, botão 2ª Etapa; ou dentro da aba Fazer Denúncia, clicando no botão em amarelo, localizado no canto inferior direito da página. Após o envio do documento, aparecerá mensagem confirmando o sucesso da operação.

 

 
2ª Etapa da Denúncia