<<<Voltar

CRM-SC informa: Coronavírus e Vacinação

Publicado em:

O CRM-SC reforçando as orientações do Ministério da Saúde (MS), Secretaria de Estado da Saúde (SES) Secretarias Municipais de Saúde (SMS) e sociedades de especialidades, informa aos médicos e aos catarinenses, o início da campanha de vacinação contra Influenza 2020.

A vacina não garante proteção contra o Coronavírus, porém, reduzirá a carga de circulação da Influenza, bem como, suas complicações e óbitos entre os indivíduos mais suscetíveis às complicações pela nova infecção. O objetivo da campanha é vacinar 90% do público-alvo. Estratégias para a redução do risco de contágio pelo Coronavírus estão sendo elaboradas pelas SMSs, como a divulgação de locais, fluxo de pessoas, horários diferenciados, entre outras. Diante da prioridade da vacinação dos grupos de risco, o MS orienta que a vacinação de rotina no SUS seja adiada no período de 23/03 a 15/04. Em Santa Catarina, a vacinação contra o sarampo e a febre amarela será mantida neste período.

Não existem na literatura informações específicas sobre a interação da COVID-19 com a resposta às vacinas. Para minimizar a disseminação da doença, pessoas com sintomas respiratórios ou febre deverão ser orientadas a não comparecerem para a vacinação, enquanto houver sintomatologia, podendo ser vacinados após a resolução dos sintomas. Casos suspeitos ou confirmados de COVID-19 poderão ser vacinados apenas após a resolução dos sintomas e após terem cumprido o período exigido de isolamento (14 dias).

As etapas da Campanha de Vacinação contra a gripe serão as seguintes:

– 1ª fase (desde 23/03): idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde;

– 2ª fase (a partir do dia 16/04): professores de escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;

– 3ª fase (a partir do dia 09/05): crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, adultos de 55 a 59 anos de idade e pessoas com deficiência física, visual, auditiva, múltipla, intelectual e mental.

Fontes

  • Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina. Informe técnico: Campanha de Vacinação contra a Gripe (23/03 a 22/05/20). Disponível em: dive.sc.gov.br (acessado em 23/03/20)
  • Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis. Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações. ANEXO: CORONAVÍRUS E CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA INFLUENZA E ESTRATÉGIA DE VACINAÇÃO CONTRA O SARAMPO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA (18/03/2020).
  • Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis. Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações. ANEXO: ADIAMENTO DA VACINAÇÃO DE ROTINA NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE DURANTE A PRIMEIRA FASE DA CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA A INFLUENZA (22/03/2020).
  • Departamento Científico de Imunizações da Sociedade Catarinense de Pediatria

 

 

 

 

 

Curta e Compartilhe: